sexta-feira, 3 de junho de 2016

Duas taças de vinho...

Sobre a cama duas taças de vinho...

E no lençol a mancha.
E no chão, deitada eu estava...
Nua, cansada.
Você me olhou com o olhar apaixonado...
Admirado.

E ao olhar meu corpo nu
No chão do quarto,
Vi o gosto do amor surgir entre teus lábios.
E de repente teu corpo caiu sobre o meu...
Me olhaste nos olhos, e me beijaste a boca...

E com teu beijo me levaste a loucura!
E o teu corpo excitado se apertava ao meu...
No chão do quarto, a meia luz, nos amamos uma vez mais...

E a tua boca beijava meu corpo inteiro... com fome,
Com sede... me lambuzaste de vinho e me lambeste por inteiro,
Não deixaste uma só gota.

Arrepios surgiam cada vez que sentia tua língua na minha pele...
De leve... de leve...

E nos meus ouvidos sussurros, palavras de amor.
Me amaste com vontade, com força, com dor...

E depois de horas chegaste ao ápice...
E num gemido doído, de vagar, foste parando...
E do meu corpo no chão se afastando...
Pegaste então uma taça de vinho...
E enfim, satisfeito...

Ficaste me olhando.


(aramas)

10 comentários:

  1. Bom dia linda poetisa, inspirados versos de amor!
    Amei ler e deixo aqui abraços apertados desejando lindo final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ivone meu bem...
      Lindo final de semana para você também!
      Bjos :*

      Excluir
  2. Um belo sensual que descreve com palavras exatas o amor sentido numa linda noite...parabéns pelos versos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida
      Bela sexta feira para você!
      Abraço!

      Excluir
  3. Nada melhor que um vinho e calor humana pra aquecer as noites frias aqui do sul ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa combinação... acredito que ficaria bom em qualquer lugar no mundo :)

      Excluir
  4. Um bom vinho e acompanhado da pessoa amada não existe nada melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade querido... ao lado da pessoa amada tudo é perfeito.
      Abraços

      Excluir